sábado, 13 de janeiro de 2018

ESTREMOZ - Executivo MIETZ recusa atribuição de Medalha de Mérito Municipal ao Director do Museu Municipal


Hugo Guerreiro, Director do Museu Municipal de Estremoz. Cliché de
Sara Matos (http://www.e-cultura.sapo.pt/patrimonio_item/14039).

De acordo com o Facebook do PS Estremoz, de 12 do corrente mês, a maioria MIETZ (4) do Executivo Municipal de Estremoz, recusou na sessão de Câmara do passado dia 10 de Janeiro, uma proposta dos veradores PS (3) no sentido da atribuição da Medalha de Mérito Municipal ao Dr. Hugo Guerreiro, Coordenador Técnico e principal mentor da candidatura à inscrição da “Produção de Figurado em Barro de Estremoz” na “Lista Representativa do Património Cultural da Humanidade”.
De acordo com o Facebook do PS Estremoz, os vereadores deste Partido ficaram espantados com tal chumbo e declararam que “É nosso entendimento que as lideranças fortes e democráticas devem reconhecer e valorizar os seus colaboradores e todos aqueles que contribuem para o sucesso dos seus projetos. Assim, o PS lamenta, profundamente, a insensibilidade deste Executivo MIETZ que, mais uma vez, não reconhece o mérito de quem tem contribuído para a elevação do Concelho, no caso em apreço, no âmbito da Cultura”.

Do Facebook do PS Estremoz, transcrevo de seguida, com a devida vénia e na íntegra, a Proposta de Atribuição da Medalha de Mérito Municipal, chumbada pela maioria MIETZ do Executivo Municipal de Estremoz.

PROPOSTA DE ATRIBUIÇÃO DA MEDALHA DE MÉRITO MUNICIPAL

O Dr. Hugo Guerreiro está desde 1998 ao serviço da Divisão Sócio-Cultural do Município de Estremoz, tendo até 2002 desempenhado funções de investigador e de apoio ao então Director do Museu Municipal, Professor Joaquim Vermelho. Por falecimento deste último, passou a desempenhar as funções de Director do Museu Municipal, cargo que com proficiência tem vindo a desempenhar até à actualidade.
Tem exercido as funções de Curador do Museu Municipal, das Reservas Visitáveis da Alfaia Agrícola, do Museu Rural de Estremoz e do Museu Escolar de Veiros. 
Tem sido responsável por exposições temporárias em quatro espaços distintos em Estremoz (Museu Municipal, Galeria Municipal D. Dinis, Sala de Exposições Temporárias do Centro Cultural e Palácio dos Marqueses de Praia e Monforte).
A nível de conferências e de publicações tem dado especial enfoque ao Património Cultural de Évora Monte, bem como ao Património Religioso, à Faiança, ao Figurado e à Olaria de Estremoz.
Recentemente, a inscrição da “Produção de Figurado em Barro de Estremoz” na Lista representativa do Património Cultural da Humanidade, foi fruto do trabalho do Dr. Hugo Guerreiro, que elaborou o pedido de inventariação, o qual foi subscrito pelo Município de Estremoz e aprovado no decurso da 12.ª Reunião do Comité Intergovernamental da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, que entre 4 e 9 de Dezembro decorreu no Centro Internacional de Convenções Jeju, na ilha de Jeju, na República da Coreia.
Considerando que através da sua acção, o Dr. Hugo Guerreiro tem dado um contributo relevante no campo da Cultura, do qual tem resultado um aumento do prestígio da cidade, a Câmara Municipal de Estremoz, reunida em sessão ordinária, no dia 10 de Janeiro de 2018, deliberou outorgar-lhe a Medalha de Mérito Municipal, de grau prata, que lhe será entregue em cerimónia pública a realizar no Dia do Município (10 de Maio de 2018). 
Estremoz, 10 de Janeiro de 2018
Os Vereadores do PS Estremoz

Hernâni Matos