segunda-feira, 30 de março de 2015

22 – A hierarquia do presépio de trono

Presépio de trono (1961-62)
Marca: OLARIA ALFACINHA/ESTREMOZ/PORTUGAL.
Colecção particular.
Fotografia de Luís Mariano.

O chamado presépio de trono ou de altar, não aparece em qualquer imagem da Exposição do Mundo Português (1940), onde os bonecos de Estremoz se revelaram e se impuseram ao Mundo. Todavia, aparece na capa da revista Mensário das Casas do Povo, nº 18, de Dezembro de 1947. Terá sido então criado entre 1941 e 1947. Provavelmente entre 1941 e 1945, já que terá sido projectado pelo escultor José Maria de Sá Lemos (1892-1971), natural de Mamafude (Vila Nova de Gaia), onde existia a tradição de cascatas e de tronos, por ocasião dos Santos Populares. Sá Lemos foi Director da Escola Industrial António Augusto Gonçalves, entre 21 de Abril de 1932 e 30 de Setembro de 1945 e a ele se deve o renascimento dos bonecos de Estremoz.
No presépio de trono, as figuras são em número de nove e encontram-se distribuídas por três degraus, hierarquizadas de baixo para cima e da esquerda para a direita do observador:
1º DEGRAU - OS PASTORES: - pastor ofertante em pé, com um cesto contendo uma pomba branca; - pastor ajoelhado e de cabeça descoberta, orando com o chapéu à frente; - pastor ofertante em pé, segurando um borrego e com tarro enfiado no braço esquerdo. O 1º degrau corresponde à base da escala social.
2º DEGRAU – A SAGRADA FAMÍLIA: - Nossa Senhora ajoelhada; - Menino Jesus deitado numa manjedoura; - São José ajoelhado.
3º DEGRAU – OS REIS MAGOS: Todos de pé e segurando as respectivas ofertas: Gaspar, representante da raça asiática (de túnica cor de rosa: incenso); Baltasar, representante da raça africana (de túnica vermelhão: mirra) e Belchior, representante da raça europeia (de túnica azul: ouro). O 3º degrau corresponde ao topo da escala social.
No presépio de trono há um eixo de simetria que passa pelas figuras centrais, que têm qualquer coisa que as distingue daquelas que as ladeiam. Assim: - o rei central é negro e os outros dois têm pele clara; - o Menino Jesus tem natureza celeste e Nossa Senhora e São José têm natureza terrena; - o pastor ajoelhado está ladeado de dois pastores em pé.
Analisemos agora a hierarquia, da esquerda para a direita. Numa sociedade patriarcal e conservadora como a da época de Jesus, há supremacia do homem nas relações sociais e a direita é valorizada em relação à esquerda. Por isso: - o rei que oferece ouro está posicionado à direita, enquanto o que oferta incenso está situado à esquerda, visto que o metal é mais valioso que a resina aromática; - São José está ajoelhado à direita do berço e Nossa Senhora está genuflectida à esquerda; - O pastor ofertante que segura o borrego está localizado à direita, ao passo que o pastor ofertante da pomba, está posicionado à esquerda, pois o ovino vale mais que a ave.