quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Luvas brancas


Hoje, sem razão aparente ou talvez não, ofereceram-me um par de luvas brancas, o que não deixou de me surpreender por vários motivos. Em primeiro lugar, tenho as mãos limpas e não preciso de esconder a sujidade. Em segundo lugar, porque acho que as minhas mãos não contaminam ninguém. E finalmente, porque as minhas mãos grandes, correspondentes ao quarenta e seis biqueira larga dos meus pés, são a minha forma de comunicar afectos.
Luvas brancas para quê?