sábado, 1 de junho de 2024

António Reis - Também eu trago a saudade

 



Também eu trago a saudade
António Reis (1927-1991)


Também eu trago a saudade
nos sentidos

se dissesse que não
era mentira

Também eu perdi um cão
casas
rios

Mas hoje
tenho mulher
amigos
e uma saudade mais real
é que me inspira

António Reis (1927-1991)

Hernâni Matos

#Poesia Portuguesa - 213

Sem comentários:

Enviar um comentário