quarta-feira, 26 de julho de 2017

Poetas em defesa da olaria de Estremoz - 09


Mateus Maçaneiro (1937- )
Formador e poeta. Natural de Estremoz. 
LIVROS - Estremoz terra que eu amo (1999).
                                                      
Lembrando Mestre Mário Lagartinho
Quanta saudade
  
Perdemos um oleiro de Estremoz
Um mestre! O Mestre Mário Lagartinho.
Modelou prato, bilha e pucarinho
Em tudo quanto fez a alma pôs.

Da arte apaixonado e não algoz
Dava-lhe o seu amor e seu carinho,
Trabalhando o barro, tão de mansinho
Como se fora herdado dos avós.

O Mário fez da arte o seu caminho
Que orientou em paz, a que deu voz,
Sua arma era, de oliva um raminho.

Assim lutava... em luta nunca atroz
Em que o suor, cheirava a rosmaninho
E o seu intuito!... Era mostrar Estremoz.