quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Estremoz - Defesa do Património - 4

Implantado num dos pontos mais elevados da Serra de Ossa, o Castelo de Évora Monte remonta
ao século XII, altura em que a localidade foi conquistada aos mouros por Geraldo Sem Pavor.
A partir daí e até ao presente, sofreu aumento de fortificações e diversas reconstruções.
Foi classificado como Monumento Nacional por Decreto de 16 de Junho de 1910.

Outra estrutura associativa de defesa do património cultural no concelho de Estremoz é:  
LACE - Liga dos Amigos do Castelo de Évora Monte
Constituída em 2000 e em actividade, liderada por Henrique Sabino até 2004 e após o seu falecimento por Eduardo Basso, tem António Adérito Araújo como Vice-Presidente da Direcção desde a sua fundação. Tem por objectivos a intervenção cívica, cultural e social, através de todas as formas legais, para proporcionar a defesa, dinamização e valorização do património arquitectónico, histórico e cultural, relacionado com o Castelo de Évora Monte. Para a prossecução dos seus fins, a "LACE" poderá promover e realizar dentro e fora do Castelo de Évora Monte, colóquios, conferências, teatro, cinema, cursos de ensino, concertos, récitas, festas, reuniões, jogos lícitos, angariações de fundos, homenagens e toda e qualquer actividade que se enquadre nos seus fins. No cumprimento das suas finalidades, a LACE promoveu desde a sua fundação inúmeras iniciativas e eventos: - 1ª. Apresentação Nacional do Concerto de Música Medieval “TE-DEUM” pelo grupo “Flores da Música” na Igreja de S. Pedro (1999); - Passagem de Ano na Torre/Paço, que reuniu mais de 500 pessoas (1999 e 2000); - Passagem do Ano para o III Milénio (2000-2001); - Comemorações do Aniversário da Assinatura da Convenção de Évora Monte (2000 a 2010); Participação em Bruxelas no Concurso sobre o Euro, promovido pelo Parlamento Europeu (2001); - Festival de Música “Tardes no Castelo” (2001 e 2002); - Convenção Euro de Évora Monte e Feira Euro das Escolas (2002); - Festival de Artes e Música “Tardes no Castelo” - 10 concertos (2002 e 2003); - Comemorações dos 700 Anos do Castelo de Évora Monte (2006); - Percurso do Imaginário de Évora Monte (2006-2010); - Evento “Évora Monte – Castelo Vivo”, com a duração de 8 dias, que incluía exposições, conferências e espectáculos culturais (2007 a 2009); - Evento “Évora Monte – Castelo da Paz”, que incluía a montagem de um Presépio de Rua e animação alusiva à época de Natal (2007 a 2009); - Constituição da “Rede Europeia de Sítios da Paz”, a cuja Direcção a LACE preside, que tem membros em 10 países e já realizou Encontros em Portugal, Holanda, Alemanha, Eslováquia, Croácia e Hungria (2010).

(CONTINUA)

Hernâni Matos