sábado, 9 de agosto de 2014

Sol que se apagou


Alentejo (1930).
Simão César Dórdio Gomes (1890-1976).
Óleo sobre cartão (26,9 x  35,5 cm).
Museu de José Malhoa, Caldas da Rainha.

A vida é uma longa caminhada, feita de afectos e emoções, alegrias e tristezas, ilusões e desilusões, medos e actos de coragem, vitórias e derrotas, avanços e recuos. Enfim, de tudo um pouco.
Atingir os objectivos pessoais previamente fixados, é fruto de muito esforço e disciplina, mas também de alguma imaginação. Condições favoráveis também ajudam. Porém, mal de nós se estivermos à espera que o maná nos caia do céu.
Podemos levar a vida a sério ou não. O que é certo é que a vida nos acaba sempre por pregar partidas. Quando damos por nós, somos um sol que se apagou.