terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Dia de São Valentim



O marketing agressivo da sociedade capitalista, que em nome de São Cifrão tudo nos quer vender, leva-nos a descrer no culto a São Valentim, centrado no dia 14 de Fevereiro, dia em que é suposto que os amantes celebrem o amor, a paixão e a partilha de sentimentos. Pese embora a nossa descrença no mercantilismo e no pirosismo da efeméride, não queremos deixar de saudar todos aqueles que como nós, acreditam no Amor. A eles dedicamos esta série de imagens de bilhetes-postais ilustrados dos “Bons Velhos Tempos”. E que “Viva o Amor!” todos os dias.








6 comentários:

  1. Estou plenamente de acordo, com os argumentos Do Tempo da Outra Senhora e maravilhada com os postais românticos, que felizmente fazem parte do meu imaginário

    ResponderEliminar
  2. Digamos poeticamente que "comércio" não rima com "Amor"!

    ResponderEliminar
  3. Meu Caro Hernâni

    Na realidade tem razão a sociedade capitalista é mesmo pirosa, foleira, bimba!!!
    Mas talvez a vendas destas piroseiras ajudem a pagar alguns dos ordenados com que o povo vive!! e os patrões podem manter os postos de trabalho, mesmo que sejam todos uma cambada de exploradores. Por isso eu já não comemoro o Dia dos Namorados, estou velho e casado, embora namore topos os dias! Mas culpar o capitalismo de todos os nossos males, é não reconhecer que o anti-capitalismo, essa promessa do el-dourado eterno, trouxe a miséria e a desgraça a muitos povos do mundo. Olhe, por exemplo, para a Coreia do Norte. Quanto dava aquele povo, que passa fome e vê milhões a serem gastos em testes nucleares, para poder comprar as piroseiras do Dia dos Namorados?
    Sabe a memória dos homens é curta, muito curta, mas eu não acredito em soluções absolutistas, ditatoriais e privadoras da liberdade de escolha de cada povo. Tivemo-las ao longo dos séculos e muito no passado século XX, onde a liberdade dos povos era abafada, torturada, por nomenclaturas ricas, poderosas e ..... capitalistas. Os ditadores de uma forma ou outra foram mortos quase todos pelo povo. O povo não acredita nas soluções anti-capitalistas!!!
    Logo viva a liberdasde de decisão. Só compra as piroseiras do Dia dos Namorados quem quer. Contudo talvez elas ajudem a salvar alguns postos de trabalho provocados por 16 anos de SOCIALISMO DEMOCRÁTICO, desgovernado e feito de idealismos, bonitos, mas impraticáveis. Agora o desgraçado povo português pagará com língua de pau o desvario de alguns, que hipotecaram o futuro dos nossos filhos e netos até ver.
    Logo que,mal tem a piroseira do capitalismo comemorar o Dia dos Namoradfos?

    Gostei dos postais, lindos, só faltam os selos para tornar a MAXIMAFILIA o máximo! Para um maximafilista como você, é grave, direi mesmo pecado mortal, estes postais não terem o tal selinho com a carimbadela, a forma mais rápida de estragar três coisas ao mesmo tempo: um postal, um carimbo e um selo!!!
    Abração
    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro:
      Obrigado pelo seu comentário.
      Um abraço.

      Eliminar
    2. Infelizmente no "american dream" existem 70 milhões de americanos que não têm acesso á saúde,e no metro de nova york cerca de dois milhões de sem abrigo aproveitam o calor emanado para dormirem mais confortaveis.
      Isto não é ba RPC mas sim num País que nunca teve uma guerra no seu território,que nunca foi invadido por paises como o Vietname,Iraque,Coreia,Libia,Panamá e outros.

      Eliminar
    3. José:
      De facto, assim é.
      Obrigado pelo seu comentário.
      Os meus cumprimentos.

      Eliminar