domingo, 25 de agosto de 2013

Comemorações do Cinquentenário do Cortejo de Trabalho de 1963

 Rancho de azeitoneiras e varejadores da Freguesia de Santo Estevão (Estremoz).
Cliché de Rogério de Carvalho (1915-1988), grande fotógrafo de Estremoz. 

No sábado, 31 de Agosto, terão lugar em Estremoz, as COMEMORAÇÕES DO CINQUENTENÁRIO DO CORTEJO DE TRABALHO DE 1963, as quais decorrerão a partir das 16 horas na Sala de Exposições do Centro Cultural Dr. Marques Crespo, na rua João de Sousa Carvalho.
As comemorações visam evocar o Cortejo do Trabalho que teve lugar em 1963, na Avenida 9 de Abril, em Estremoz, no decurso das Festas à Exaltação da Santa Cruz. Tratou-se de um Cortejo organizado pela Comissão de Festas, com o apoio da Câmara Municipal e que mostrou à população e aos visitantes, os vários sectores do artesanato e indústria locais, bem como os múltiplos aspectos da agricultura e da vida rural de então.
Uma tal evocação justifica-se pela importância que o Cortejo teve e como tal honrar a memória de todos aqueles que o ergueram e apontá-lo como exemplo à juventude, porque ali estavam reunidos todos os traços da nossa identidade cultural concelhia e regional.
O evento de grande qualidade e fidelidade etnográfica, foi registado pelo grande fotógrafo Rogério de Carvalho e deu lugar a uma Exposição Retrospectiva do Cortejo, patente ao público no local das Comemorações, até ao próximo dia 31 de Dezembro.
As Comemorações e a Exposição são da iniciativa da Associação Filatélica Alentejana e têm o apoio da Câmara Municipal de Estremoz.