quinta-feira, 10 de junho de 2010

Nós e os números - O número três

A Adoração dos Magos, de Albrecht Dürer (1471-1528), Galeria Uffizi, Florença.

AONDE SE FALA DO TRÊS

Na MATEMÁTICA, “três” é o sucessor de “dois”, o terceiro número natural, o segundo número ímpar e o segundo número primo. “Três” são os tipos de sistemas de equações (possíveis, impossíveis e indeterminados) e “três” são as posições relativas de duas rectas (concorrentes, paralelas e coincidentes). “Três” lados tem o triângulo, “três” são os tipos de triângulos quanto aos ângulos (acutângulos, rectângulos e obtusângulos), “três” são os tipos de triângulos quanto aos lados (equiláteros, isósceles e escalenos) e “três” partes tem um teorema (hipótese, tese e demonstração).
Na FÍSICA, “três” são as leis de Newton (Lei da Inércia, Lei da Igualdade da Acção e Reacção e, Lei Fundamental).
Na MINERALOGIA, “três” é a dureza do Espato de Islândia na escala de dureza de Mohs e a fusibilidade da Almandina na escala de fusibilidade de Kobell.
No DESPORTO, “três” é o número de provas do triatlo, de medalhas de cada modalidade olímpica (ouro, prata e bronze) e o número de elementos duma equipa de arbitragem num jogo de futebol.
NA BÍBLIA, é abundante a referência ao “três”:
0
A Bíblia foi escrita originalmente em três idiomas (hebraico, aramaico e grego).
Lucifer levou consigo a terça parte dos anjos.
Três são as pessoas da Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo).
São três as primeiras criaturas de Deus que mantêm o primeiro diálogo (Adão, Eva e o diabo).
Três foram os filhos de Noé (Sem, Cam e Jafé), que repovoaram a terra após o dilúvio.
Abraão viu três homens, que seriam três anjos.
Moisés trouxe três dias de trevas sobre o Egipto.
Daniel orava três vezes por dia.
Jonas esteve três dias e três noites no ventre do grande peixe.
Mateus viu três pessoas no momento da transfiguração: Jesus, Moisés e Elias.
Durante três anos da sua vida Jesus curou enfermos e perdoou pecados.
Três são os dias ao fim dos quais Jesus ressuscitou.
Três foram os reis magos (Belchior, Baltasar e Gaspar) que trouxeram presentes a Jesus quando ele nasceu.
Pedro negou Cristo três vezes.
Pedro teve uma visão, na qual ouviu três vezes uma voz.
0
No CRISTIANISMO, “três” são as Virtudes Teologais (Fé, Esperança e Caridade) e “três” são os Santos Populares Portugueses (Santo António, São Pedro e São João).
Na SUPERSTIÇÃO, há múltiplas crenças:
0
“É bom trazer uma noz de três quinas na algibeira, porque dá fortuna.“
“É mau agoiro estalar três vezes a luz de azeite“
“Na Beira Alta quando morre um homem, o sino dá três sinais e quando mulher dois.”
“No Sábado de Aleluia, é bom furtar-se água da pia de baptismo de uma igreja; três gotas desta água deitadas no comer livram de feitiços a quem as toma, mas há - de ser depois de o comer ser tirado do lume, porque antes é pecado.“
“Se encontrar um corcunda pela manhã em jejum, deve-se dizer três vezes: "Benza-te Deus, dinheiro fresco nos mande Deus", porque se alcança dinheiro em breve.“
“Três luzes numa casa é sinal de casamento da pessoa mais nova dessa casa “
“Três pessoas a fazerem uma cama, morre a mais nova.“
0
O “três” faz igualmente parte da LINGUAGEM METAFÓRICA:
0
Às duas por três = De repente
Em três tempos = Depressa
Três da vida airada = Três amigos inseparáveis
Três o diabo fez = Exclamação para afastar um terceiro concorrente de qualquer combinação
Perder os três = Perder a virgindade
0
De resto, o “três” é um número que aparece em muitos PROVÉRBIOS:
0
“A duas palavras, três porradas“
“A pão de quinze dias, fome de três semanas“
“Abril águas mil, coadas por um mandil e em Maio três ou quatro“
“Ao terceiro dia, maior dor na ferida“
“Às três vai de vez“
“Bom comer, três vezes beber“
“Companhia de três é má rês“
“Dois detestam-se, três aborrecem-se“
“Dois divertem-se, três aborrecem-se“
“Frade, freira e mulher rezadeira, três pessoas distintas e nenhuma verdadeira“
“Hoje um, amanhã dois, ao outro dia três ou quatro, depressa enche o saco“
“Homem velhaco, três barbas ou quatro“
"Juntaram-se três para o peso de seis"
“Mais vale um gosto na vida que três vinténs“
“Mulher grávida de três meses encobre, de quatro quer mas não pode“
“Negro quando pinta, três vezes trinta“
“O hóspede e o peixe aos três dias aborrece“
“O peixe deve nadar três vezes: em água, em molho e em vinho“
“O que não se faz numa vez, faz-se em duas ou três“
“Onde comem dois, comem três““Três à carga, carga no chão“
“Três ao burro, burro no chão“
“Três coisas destroem um homem: muito falar e pouco saber, muito gastar e pouco ter e muito presumir e pouco saber“
“Três coisas enganam o homem: as mulheres, os copos pequenos e a chuva miúda“
“Três coisas fazem o homem mudar: a ciência, o mar e a casa real“
“Três coisas mudam o homem: a mulher, o estudo e o vinho“
“Três foi a conta que Deus fez"
“Três horas dorme o santo, três e quem não é tanto, cinco o estudante, seis o extravagante, sete o porco e mais o morto“
“Três irmãos, três fortalezas“
“Três luzes a arder deitam uma casa a perder“
“Três manhas tem a mulher: chorar quando quer, como quer e quanto quer“
“Três manhas tem a mulher: mentir sem cuidar, chorar sem querer e urinar onde quer“
“Três vezes nove vinte e sete, quem matou o cão foi o valete
0
A presença do número "três" no CANCIONEIRO POPULAR é também significativa:
0
“Tenho 1 amor, tenho 2,
tenho 3, e tenho 4.
Tenho 5, esse, é firme,
Tenho 6, não me retracto.“[1]

“Eu tenho 5 namoros,
3 de manhã, dois de tarde
A todos elles eu minto,
Só a um falo verdade.” [1]
0
“Tenho 3 lenços de seda,
Dois azues, 1 encarnado,
Também tenho 3 amores,
1 firme, 2 enganados.” [1]

“Eu tenho 4 vestidos,
1 branco, 3 encarnados
Tambem tenho 4 amores,
1 firme, 3 enganados.” [1]

“Tu, ingrato amas a duas
Tambem podes amar 3,
Tambem podes amar 4,
Cada uma por sua vez.” [1]

“Há 3 dias que não janto,
Há 4 que não almoço,
E há cinco que te não vejo,
Meu amor, porque não posso.“ [1]
0
“Puz-me a contar às avessas
As pedras d’uma columna:
Contei 7, 6 e 5,
4, 3, duas e uma.“ [1]

“À uma hora nasci,
Às duas fui baptizado,
Ás 3 andava de amores,
Às 4 estava casado.“ [1]
0
Para os pitagóricos, o número “três” representa a síntese espiritual, a resolução do conflito colocado pelo dualismo.
0
A importância do três é tão grande que os pilares da Democracia assentam em três poderes (executivo, legislativo e judicial).

[1] - PIRES, A. Thomaz. Cantos Populares Portugueses, vol. IV. Typographia e Stereotypia Progresso. Elvas, 1910.